quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

FELIZ 2011!!!! O ANO DA SORTE!!!

Falta parte de uma noite e um dia para acabar 2010!!!!
OBA!!!!!!

Esse ano foi muito estranho.Fiz quase que um pacto para dar tudo certo.Praticamente uma parceria com Deus(sempre).Acredito que amanhã a meia-noite, eu consiga respirar mais aliviada!

Aproveito para agradecer (sempre) aos pedidos atendidos, mesmo que com trocas dolorosas.Mas tudo valeu a pena.OBRIGADA DEUS!

Oh, pela primeira vez pedi DESCARADAMENTE, assim, na cara de pau, pra Deus dar de presente o grande AMOR das minhas amigas cansadas de sofrer com os homens errados.ELE, sempre me escuta, hein!!!! Preparem-se para viver o AMOR (@Paty,@Erika,@Rob).

2011 parece que será um ano bem positivo, sempre com mudanças e o estresse diário de um "bom capricorniano", porém, sempre bem vivido.

Eu termino aqui minhas palavras de 2010, com o desejo de um 2011 de paz e saúde para minha família e amigos.Que seja um ano trilhado por objetivos alcançados e sucesso pessoal e profissional.

Eu estarei sempre com vocês pro que der e vier!

FELIZ 2011!!!!!

Segue abaixo uma previsão do meu signo: CAPRICÓRNIO, retirado do site da "terra"-especial fim de ano:


CAPRICÓRNIO

› Trabalho e finanças

O ano segue com a mesma cara de 2010, prometendo muito trabalho, novos acordos e inúmeras responsabilidades. Janeiro já começa como um ótimo mês mostrando a tendência do ano. Fevereiro segue com a possibilidade de novos investimentos e a partir desse mês, novos acordos e contratos devem ser firmados. Será um ano de muito trabalho e responsabilidades e você não terá muitas oportunidades de relaxamento e descanso. A partir de março, a entrada de Júpiter em Áries acaba por beneficiar sua carreira, com grande chance de crescimento e expansão de alguns projetos. Saturno continua em Libra o ano inteiro e certamente quando este chegar ao final você perceberá que tudo valeu a pena. Todo esforço e dedicação ao seu trabalho e percepção da necessidade de não perder nenhuma oportunidade de crescimento e estruturação valeram a pena. Junho será um mês excelente para os seus negócios que serão ativados naturalmente nesse período. O dia a dia de trabalho ganha nova vida e caso esteja desempregado esta é a melhor fase para consegui-lo. Ano positivo para os que se dedicarem determinadamente a crescer.

› Amor

Para os já comprometidos este continua sendo um ano de muitas mudanças e todas devem ser feitas racionalmente e carregadas de discernimento. O relacionamento com os filhos melhora consideravelmente no segundo semestre. E caso esteja pensando em aumentar a família, essa será a melhor fase para isso. Para os solitários, o ano começa em março que será um mês movimentado e as amizades surgirão uma atrás da outra. A vida social ganha um novo tempero e você começa um novo movimento de abertura em sua vida, que será realmente solidificado com a entrada de Júpiter em Touro no início de junho. A partir dessa fase e durante todo o segundo semestre seguido ainda no ano consequente, o Amor estará presente em seus dias. Uma nova paixão baterá em sua porta e você estará totalmente aberto para ela. Prepare-se, pois o segundo semestre deste ano será o mais positivo dos últimos tempos para encontrar seu verdadeiro Amor.

› Saúde

O ano em geral é positivo para sua Saúde que passa pelo seu melhor período em junho. Sua vida social estará intensa e o trabalho mais ainda, portanto, procure encontrar momentos, mesmo que sejam poucos e difíceis para relaxar, descansar e contemplar apenas. O estresse rondará você durante todo ano devido ao excesso de demanda e exigências em sua carreira.


: )

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

PRESENTE DE AMIGAS PARA SEMPRE!

Já virou tradição os presentes-arte da amiga Pâm ( eu ADORO!)

Não por acaso, as 4 amigas para sempre fazem aniversário seguidinhos:outubro,novembro,dezembro e janeiro.

E aí a Pâm, normalmente em dezembro, elabora um presente igual para nós três com muita originalidade e carregado na emoção.Ela sempre emociona a gente com suas surpresas mirabolantes!

Ano passado, ela nos deu um quadrinho de vidro e dentro era a foto de nós quatro com uma "mini" luva de boxe, dizendo"em caso de saudade, quebre o vidro".





E esse ano ela nos deu um toy art, que através das palavras escritas dela, faz todo o sentido, conta toda a história dessas 4 amigas!!

Ela elabora a cena das 4 amigas, jogando o jogo da vida, como ela gosta de dizer, com "cada uma no seu quadrado", mas nunca separadas.Sempre lado-a-lado, respeitando nossos momentos, nossas diferenças.

Um presente fofo, meigo e de uma intensidade emocional que só quem é amiga para sempre pode sentir o quanto de realidade tem aquele"toy".

Os presentes da Pâm são colocados sempre em destaque na minha casa!Porque se tem uma coisa que eu valorizo nessa vida, é a AMIZADE.E, essa de nós quatro, é presente de Deus.Nunca, nada entre nós é por acaso.

Obrigada Pâm, pelo carinho e dedicação em cada palavra, em cada capricho de cada presente. Obrigada, meninas "amigas para sempre" por cada momento que a gente divide!

O texto a seguir, escrito pela amiga Pâm, deixa bem claro a imagem do nosso presente "toy art" e a realidade de amizade que a gente vive há 16 anos:





Somos 4.Amigas para sempre. Um grupo de 4 onde cada uma é (bem) diferente da outra. Onde tem de tudo e mais um pouco. Só vendo as quatro juntas. Hoje a elas somam-se seus tantos agregados. Fixos e passageiros. E as outras amigas que fizemos juntas. Uma família! É muita gente...

Mas era tanta que, neste ano, alguém re-inventou o encontro só para as 4. E foi ótimo. Daí surgiu inspiração pro meu presente:

Estamos juntas, unidas, rindo, gargalhando, chorando, brincando, estudando, zoando, comendo, conversando, se empolgando, criando filhos e cachorros, fazendo projetos e planejando. Isso tudo e muito mais. Sempre mais. Todas juntas ou pelo menos uma sempre ligada a pelo menos uma outra.

Juntas, mas também no balanço do funk - que eu não gosto, mas adoro esse - ADO, ADO, ADO, cada uma no seu quadrado!

Cada uma no seu quadrado. Que preserva o espaço, a singularidade, a piração e a privacidade de cada uma. Atarrachadas, mas separadas. De um jeito que, cada uma tá na sua, mas com muito em comum. Uma vê a outra e todas se vêem ao mesmo tempo. Todas juntas se quiserem! O legal é que sabe-se que todas estão ali mas ninguém invade. Assim fomos aprendendo a esperar e respeitar o tal do ado-ado do outro lado.

No meio do caminho uma pira e vira de ponta cabeça, outras vezes uma outra que tava ali não tá mais, e volta logo em seguida ou muito tempo depois. Depois de deixar todo mundo morrendo de saudades com a presença da ausência.

Enquanto uma se junta a outro(s), outras geram vidas e outra aguarda seu momento - mega aguardado -. Por vezes se separam e... essa parte ainda nao sei. Reviravoltas, eternos reencontros, encontros inesperados. Surpresas mil. Daqui há pouco uma vira avó... isso se não for mãe de novo. Nunca se sabe.

Simplesmente se aposta. Na felicidade. Seja onde for, esteja ela aonde estiver.

O legal disso tudo é que esta(re)mos sempre juntas jogando os dados do jogo maior chamado VIDA.

Às vezes uma ganha, enquanto as outras perdem. Ou duas ganham e uma perde e a outra empata. Infinitas as possibilidades nesse jogo – sem adversários – onde o único certo é que todas torcem juntas e unidas – na Copa – e na vida.

Uma pela outra. Uma por todas e todas por uma!

E nas idas e vindas do amor – já que é disso que se trata nessa vida - o nosso se mantém. Um amor diferente. Do meu jeito, mais que explicá-lo com palavras que faltam, senti necessidade de torná-lo concreto.

Esse é o meu presente pra vocês três nesse ano. Até nisso Deus pensou: fez nascer uma em cada mês, um seguido do outro. Estão vendo? Sempre juntas, unidas para sempre.

Ah, antes que eu me esqueça, é bom explicar o conceito de TOY ART. A traução literal é "brinquedo de arte". É um conceito, uma manifestação contemporânea que se apropria do brinquedo para mesclar design, moda e urbanidade. É um brinquedo feito para não brincar, dirigido especialmente para adultos e com o intuito de colecionismo e/ou decoração. O toy art é, em síntese, uma "tela" em 3 dimensões para artistas e designers expressarem sua arte. Toy Art é isso. E me serviu pra eu transmitir o quanto amo vocês!


Gostando ou não do presente, sei que saberão o que descobri de repente: que é um amor que só entende quem é amiga para sempre!!!

: )

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

NOSSOS PRIMEIROS 10 ANOS - BODAS DE ESTANHO


Hoje, 27/12/2010, faz 10 ANOS que eu e Alexandre começamos a trilhar nossa história!

História que estamos apenas começando a contar.As investidas feitas por ele tem bem mais de 10 anos, mas como Deus é sempre perfeito no momento certo de colocar as pessoas certas no nosso caminho, nos deu a chance de transformar em AMOR esse encontro.

Muito além de marido, eu tenho um companheiro.Eu tenho um incentivador.Eu tenho um cara digno.Eu tenho o melhor pai pra minha filha.Eu tenho um amigo pra todas as horas.

Em tempos em que muita gente gente não acredita em casamento.Em gente que acha que essa instituição acabou, eu afirmo que aqui em casa, o casamento está dando certo, até hoje!
É com muito orgulho que tenho o Alexandre como meu AMOR.Meu MARIDO.Meu COMPANHEIRO.

E continuo dizendo: Acreditem em união.Casamentos dão certo.O que falta para ele acontecer e seguir com vida é achar a sua cara metade.Não digo nem alma gêmea, mas encontrar aquela pessoa em que casam as idéias, os temperamentos, as diferenças, as atrações e aí acontece o amor.Simples, assim.

Que continuemos a trilhar o AMOR por muitos anos.Assim, desse mesmo jeito que estamos trilhando desde 27/12/2000.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

FELIZ NATAL


PASSO AQUI RAPIDINHO PARA DESEJAR UM NATAL CHEIO DE ALEGRIA, UNIÃO E MUITA PAZ! MEU NATAL, NOS ÚLTIMOS ANOS, TEM SIDO AINDA MAIS ESPECIAL! A PRESENÇA DE CRIANÇAS ILUMINA A NOITE.

SE NA SUA CASA NÃO TEM CRIANÇA PARA FAZER A NOITE BRILHAR AINDA MAIS, LIBERE AQUELE ESPÍRITO INFANTIL QUE TODO MUNDO CARREGA DENTRO DE SI.E TAMBÉM APROVEITE PARA DESFAZER MÁGOAS, DEIXA A TRISTEZA IR EMBORA.ABRACE QUEM VOCÊ AMA.ESSA TAMBÉM É UMA ÓTIMA OPORTUNIDADE PARA DIZER AQUELE EU TE AMO QUE FICOU GUARDADO O ANO TODINHO.PERDOE.SEJA FELIZ!


E QUE A ALEGRIA DESTA NOITE SE REPITA INÚMERAS VEZES NO ANO QUE VAI CHEGAR!
FELIZ NATAL!

domingo, 12 de dezembro de 2010

LUNA


Essa semana passei por um susto danado.Logo no inicio da semana, a Luna, minha outra cachorrinha, amanheceu cabisbaixa sem querer muito papo e sem pular.
Isso me chamou bastante atenção, visto que essa "salsichinha" é uma espoleta!Ela estava sentindo dor.

Levei ao veterinário e através de exame clínico, partimos para exames de radiografia na coluna.Quem conhece essa raça, sabe que mais dia, menos dia, eles acabam tendo problemas com a coluna, porque são espoletas demais, ganham muito peso com facilidade e tem patas bem mais curtas do que o normal dos cachorros.
Ao sair do exame, foi constatada uma lesão na coluna, conforme, desconfiávamos.Fiquei tensa, triste, apreensiva e sofrendo junto com ela.Porque a bichinha sentiu muita dor, tadinha.Foi medicada com antinflamatório, o que aliviou bastante a dor,mas volta e meia, a crise vinha.
Eu tenho hérnia de disco cervical, assim como ela, e sei o quanto dói!

Após avaliação do médico que cuida dela, a lesão a princípio, será tratada com corticóide, acupuntura e dieta, antes de partimos para mais exames e pensar em intervenção cirúrgica.E ela tem uma semana para reagir positivamente ao tratamento.

A boa notícia, é que as primeiras 24 horas de tratamento foram de resultado excelente.Ela melhorou quase 100%.Não sente mais dor alguma.Mas, vamos aguardar o término da medicação e acupuntura para uma avaliação mais segura.

Mais um susto.Mais uma semana tensa, depois da perda da Shine.Assim, meu coração não aguenta.Estamos todos muito esperançosos que o tratamento dela tenha sucesso absoluto, sem cirurgia.
A gente reza daqui.Faz tudo certinho nos procedimentos, e vocês que acompanham a gente, emanam energia positiva daí, combinado?
Esperamos sempre, por dias melhores!

: )

DIA MUITO ESPECIAL!

QUE DIA FELIZ E EMOCIONANTE HOJE!!!!!!

Gente, eu tô muito, muito feliz hoje!!!!!
Minha pequena teve sua 1a apresentação de ballet no teatro!!!!!
Na academia que ela faz aula, os pais não assistem a nenhuma aula, a nenhum ensaio, a nenhuma prova de roupa.Nada x nada, saca???
Ou seja é curiosidade total!!!!!

Marina começou a fazer aulas de ballet com 2 anos.As aulas eram fofas!Mas, como ela tinha que acordar cedo, e ela não acordava, acabou saindo.
Quando foi no mês de Julho ano, ela voltou a fazer ballet.E hoje chegou o grande dia!!Dia de sua 1a apresentação no teatro.

A apresentação foi a coisa mais linda e emocionante que eu já senti, depois do nascimento da Marina.Ver aquela pequetita ali, dançando lindamente, uma coreografia toda fofa, com um figurino todo fofo, foi demais para os coraçõezinhos de papais, titios, vovós, dindinha!
Ela fez tudo tão linda!!! Foi realmente o máximo!!!!!
E me surpreendi, porque a coreografia é grande e elas decoraram tudinho e fizeram tudinho da forma mais linda possível!

Orgulho de mamães, papais, tios, avós, madrinhas etc!!!!
: )

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

FINAL DE JARDIM 1

O ano letivo está acabando pra Marina, na escola.Jardim 1 em reta final.Seu segundo ano de experiência em escola, cheinho de novidades, está a uma semaninha de acabar.

Esse foi um ano em que me vi às voltas na procura de uma escola de boa reputação em resultados futuros e confesso que aqui onde eu moro, estamos carentíssimos de opções.Mas, entre visitas e (re) visitas, decidimos uma escola para o futuro.Uma escola que eu pensei em mudá-la a partir do ano que vem.Mas, entre dias pensantes e avaliações com o marido e a participação da Marina, optamos por deixá-la mais um ano na escola em que ela está hoje.

Decisão dificil essa de pensar no futuro dos nossos filhos lá na frente, hein? Pensar em dar uma educação capaz de fazê-lo sair na frente quando se tratar de faculdade.

E dias atrás quando estava ainda pensativa, me deparei com uma questão:Ela acabou de fazer 4 anos.Diante da sua 2a experiência escolar, não seria precipitado pensar numa escola que vai prepará-la para o vestibular?Ela só quer saciar sua curiosidade em aprender o "be-a-bá".Eles querem ensinar os primeiros passos de suas autonomias enquanto sujeitos.Ela tem adoração por aqueles amigos do jardim 1, que são em sua maioria amigos que vieram do maternal juntos.Ela conhece todo o espaço físico daquele lugar e se sente em casa ali.Eu vou trabalhar muito tranquila em saber que ali tem pessoas que eu confio em deixar Marina.Então por quê me preocupar agora com que colégio vai prepará-la melhor pra faculdade? Sei lá, se até chegar o dia do vestibular, ainda terá vestibular?

Meu marido costuma dizer que mesmo nas escolas mais bem conceituadas eu vou sempre achar um "gap" para reinvindicar melhoria.E é verdade.Se um dia a gente parar de desejar mais e mais, é porque algo está errado.Então, nossa escolha para a "melhor educação infantil" da Marina é deixá-la viver plenamente a infância, até chegar o momento certo de pensar em qual será a melhor das escolas para dar conhecimento didático.
Garanto que o amanhã vai ser muito melhor construído se eu deixá-la viver a infância curtindo as amizades verdadeiras que ela fez, o amplo espaço que ela tem na escola pra desenvolver suas atividades psico-motoras em pleno vapor nessa fase, as grandes descobertas de aprender a compartilhar, a imaginar, a ser independente e tudo mais que uma infância bem aproveitada merece ter.Coisa que láaaaa na frente, somados a uma educação muito bem estruturada em termos de conhecimentos em física, química, matemática, português e cia vai fazer dela uma pessoa preparada pra vida.Não só em conhecimento teórico como conhecimento de valores importantíssimos que a gente aprendeu enquanto teve uma infância feliz.
Aí sim, vamos ser pais orgulhosos de termos cumprido o papel de formar filhos de caráter e prontos para os desafios do mundo.

E hoje, chego a última reunião de pais da escola da Marina, onde a professora aborda como tema para falar de todo o ano letivo a seguinte frase de Robert Fulghum:
"TUDO O QUE EU PRECISO SABER SOBRE A VIDA, O QUE FAZER E COMO SER, EU APRENDI NO JARDIM DE INFÂNCIA.A SABEDORIA NÃO ESTAVA NO TOPO DA MONTANHA DE CONHECIMENTO QUE É A FACULDADE MAS, SIM, NO ALTO DO MONTE DE AREIA DO JARDIM DE INFÂNCIA"

Essa frase veio mesmo para fechar com chave de ouro nossa avaliação durante todo o ano, pensando nessa questão de "qual será a melhor escola" pra Marina? Enquanto família, enquanto pais preocupados em dar sempre o melhor para nossa filha, essa é uma grande preocupação sim, mas diante dessa frase, acho que estamos mesmo no caminho certo dentro que a gente acredita que é base de felicidade para a vida.

A reunião, como sempre nessa escola da Marina, é toda tomada por uma emoção enorme porque em educação infantil não há aprendizagem sem o envolvimento de relações de amizades, de parcerias.E foi desse ponto que a professora da Marina iniciou a reunião.
Chorei emocionada em ver as fotos da Marina e dos amigos ilustrando parte do que desenvolveram durante o ano todo.Me emocionei com o choro de satisfação da professora da Marina em ter feito parte de mais uma etapa no crescimento da turminha.E sem exagero, essa turminha da Marina, em que a maioria das crianças iniciaram juntas no maternal, é bem especial viu! Quem conhece, fala a mesma coisa.Eles formaram um grupinho bem coeso, de amizades verdadeiras.Marina detesta faltar 1 dia de aula.Sente falta dos amigos que não foram a escola, faz festa quando voltam de um final de semana separados.E isso não tem preço.São aprendizados e experiências que formam crianças de caráter.E nos dias de hoje, que precisamos sempre de dias e pessoas melhores, a professora terminou a reunião com as fotos deles nas atividades escolares, ao som de "DIAS MELHORES" do Jota Quest.

Saí de lá satisfeita de ter reafirmado nossa filosofia de escolha para o ano que vem.A partir da alfabetização, o esquema tático será outro, mas até lá vamos viver o presente.

E para terminar, deixo aqui, registrado, parte final do relatório da Marina, feito pela professora do Jardim 1:
"Marina, doce de menina, verdadeira princesa.Amiga, inteligente,meiga, dona de uma beleza encantadora.Ela é aquela que todos querem por perto, sentar ao lado de Marina foi motivo até de disputas.Alegre, adora se divertir com esse mundo cheio de curiosidades."

: )

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

SAUDADE É O AMOR QUE FICA.QUANTA FALTA ELA NOS FAZ....


Ando numa saudade gigabyte da Shine.

A urna com as cinzas dela chegou tem quase 3 semanas.Tá lá na sala em cima do painel da TV da sala.Não mostrei ainda pra Marina o tal "pozinho mágico", com medo que ela fale: "mamãe, vamos jogar num lugar especial? "

Não consigo (ainda) tirá-lo daqui de casa.Não abro, não fico olhando,mas é como se a presença dela estivesse por aqui, de certa forma.Tô doidinha? será? Preciso evoluir muito espiritualmente....Aceitar a partida dela sem tristeza, só saudade, já foi um passo e tanto.Continuo no caminho da elevação espiritual.
Enfim, resolvi esperar meu tempo.Tempo da delicadeza de um dia poder feliz dar liberdade as cinzas.O luto continua.A tristeza foi embora.A saudade não passa jamais.

Volta e meia, por costume, olho como se ela tivesse andando por aqui, escuto o barulho das patas da Luna achando que é o dela.E quando a saudade aperta mesmo o coração, vou na minha mesinha de cabeceira e pego a coleira que ela usava como prevenção de pulgas e carrapatos e abraço.Tem o cheiro dela.Incrível isso.Ainda tem o cheiro dela.Ou, meu pensamento ainda está com o cheiro dela? Não importa.Mas, dá um alívio danado na angústia.Ajuda bastante a espantar a tristeza com rapidez.

Esses dias Marina sentiu dessas saudades gigabyte também e pediu para eu colocar uma foto da Shine no quarto dela.Coloquei e bastou para satisfazê-la.Ela anda por aí contando pros mais amigos da familia que a Shine foi pro céu.E todo dia antes de sair pra escola, se despede da Val(nossa secretária do lar), da Luna e ainda manda um : Tchau, Shininha que tá no céu.Ela aceitou numa boa, com toda a sabedoria nata de criança.

E assim, a gente vai levando do jeito que dá essa saudade.Já consigo olhar as fotos dela, sem me angustiar.É bem verdade que eu fecho os ouvidos nas poucas investidas que o marido e a filha insinuam na possibilidade de termos outro amigão de 4 patas.Mas, fico um tempão namorando os filhotes nas vitrines das pets por aí...

A Luna já voltou a comer como antes.Voltou a ser uma salsicha gordinha.E cheirou por muito tempo as cinzas embrulhadas da Shine (pra ela eu mostrei).Acho que ela já aprendeu a lidar com a falta da sua velha amiga.Porém, não fica mais sozinha em casa sem fazer uma "merdinha da estrela" na casa.Voltou a roer a porta quando a gente sai, comer o que tem pela frente pra chamar a atenção.Tá certa, anda reivindicando uma companhia ou então que a levem quando saímos,né?Tá achando que cachorro é burro??? né não, mané!

E assim, vamos caminhando....um dia depois do outro!

: )

terça-feira, 2 de novembro de 2010

PROCURA-SE MANUAL

ALGUÉM TEM UM MANUAL DE COMO FAZER COM QUE A SUA FILHA ACEITE A IDÉIA DE TER UM IRMÃO? OU UMA IRMÃ?

AQUI TÁ DIFÍCIL, VIU.

"PAI E MÃE, JÁ DISSE QUE NÃO QUERO IRMÃOS.NÃO PRECISO!"


ANTES, ELA FUGIA DO ASSUNTO, HOJE ELA ASSUME DESCARADAMENTE.E AGORA?

MEUS 13 ANOS DE EXPERIÊNCIA EM PSICOLOGIA BLOQUEARAM NUMA SOLUÇÃO PARA ESSE ASSUNTO.

ACEITO SUGESTÕES!

SABEDORIA DE CRIANÇA

Eu costumo dizer que aprendo mais com a Marina do que consigo ensinar a ela.Crianças são sábias mesmo.Olha só:

Estávamos nos duas assistindo uma entrevista com o Sérgio Mallandro, e ele estava chorando muito ao receber homenagens de pessoas que ela havia convivido.

Ela vira e pergunta:
- Mãe, porque ele está triste?
-Não filha, ele não está triste.Ele está emocionado porque está escutando palavras bonitas dos amigos.Nem sempre quando a gente chora é de tristeza.A gente pode chorar de alegria também.
- Mãe, o que é emocionado?

**** 5 segundos de pausa para pensar rápido numa explicação****

Mas, nem precisou, ela mesmo traduziu...

-Mãe, emocionado é o que você ficou quando eu nasci e você chorou?
-É isso, filha.Isso é estar emocionada.

Mais uma vez, eu me desenvolvo e evoluo com minha filha.

: )

AGRADECIMENTOS


Queridos amigos, obrigada pelas mensagens deixadas no post anterior.As palavras de vocês foram super importantes para me dar conforto e carinho.Mil vezes obrigada!Quem tem amigo, tem tudo na vida!

Ontem, eu consegui contar á Marina sobre a morte da Shine.De certa forma, não sei até que ponto, ela já pressentia.Pois no domingo, quando eu fui buscá-la na casa da minha cunhada, ela pediu meu celular e como sabe mexer em tudo nele, colocou nas fotos e viu fotos da Shine.Várias inclusive que ela tirou(como essa aí do post).
Olhando as fotos ela fala: Own, mãe, olha a "Xambur".Quanta saudadinha.Promete que você nunca vai apagar essas foto do seu celular?
Nossa, senti um aperto no coração, mas não tive coragem de contar ali, dirigindo.Ficou mesmo para o dia seguinte.

Na manhã seguinte, ela veio pra minha cama e conversa vai, conversa vem, de uma forma bem sutil, contei que Shine foi morar com Deus(nós já conversamos sobre o que é a morte,quando uma vez ela me perguntou, no ano passado) porque aqui ela não conseguiria mais se recuperar da doença que ela tinha.Eu disse á ela quando a Shine foi internada, que ela estava no médico, porque eu não conseguia mais cuidar dela, porque ela precisava de remédios para não sentir dor.E ela aceitou a ida dela ao veterinário dessa forma.
E nessa conversa, eu disse que não adiantaria ela ficar aqui velhinha, sofrendo, sentindo dor e não ser feliz.Morando com Deus, ela vai ficar boa, sem dor e feliz e era isso que a gente sempre quis pros nossos cachorros, que eles fossem felizes.

Ela disse que vai sentir muita, muita,muita saudade.Eu disse que também sinto muito a falta dela.Mas, quando ela sentisse muita saudade, ela podia olhar as fotos ou dar um abraço bem apertado na Luna(nossa outra cachorrinha) pra passar a saudade.
Ela levou numa boa.Com aquela sabedoria emocional que só as crianças sabem ter.
Ela disse que teve festa no céu.Eu também acho que deve ter sido um festão mesmo, cá entre nós...

Eu mandei cremar a Shine e vamos receber as cinzas dela numa urna.Eu contei a Marina que a Shine ia mandar um "pozinho mágico" lá do céu de presente pra gente.E esse "pozinho", a gente poderia guardar ou jogar num lugar muito especial, pra gente sempre que passar por ele, lembrar dela.Ela amou essa ideia do "pozinho".Quando as cinzas chegarem, vamos decidir juntos o que fazer.

Volta e meia ela fala dela, com saudades,mas não com tristeza, porque sabe que vivemos intensamente momentos felizes.E isso é que fica pra gente.

: )

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

SHINE


Que dia triste hoje.Que angústia eu venho sentido desde o ultimo final de semana.
Hoje ás 14:05h, perdi minha grande companheira de 13 anos.Perdi uma das minhas filhas de 4 patas.Shine partiu hoje, deixando um enorme vazio nos nossos corações.

Tivemos que interná-la na 2a feira, por complicações hepáticas e renais.Eu fui deixá-la nas mãos do Dr.Alexandre, médico que eu conheço desde que eu tinha uns 8, 9 anos.Sempre foi ele quem cuidou dos cachorros da familia.Pessoa que tenho uma profunda admiração enquanto pessoa e enquanto médico.Mesmo hoje, morando distante de onde é a clínica dele, não medi esforços para tentar a recuperação da minha pequena.

Vivi dias de dor na alma.Arrumei um quadro viral que me deu uma rasteira enquanto esse turbilhão de sentimentos angustiantes rodeavam a minha vida.
Ontem pedi que meu pai fosse vê-la, porque tive que ir a uma emergência me cuidar.Meu pai me ligou dizendo que ela fez a maior festa, lambeu, ficou feliz de ver um amigão.

Esse lado apaixonado por cães eu herdei desse cara aí.Sou igualzinha a ele, quando o assunto é amor ao cão.Meu pai me contando isso ontem, me encheu de felicidade em saber que ela ficou feliz e não se sentiu sozinha.

Hoje, deixei Marina na escola e fui para a clínica.Á cinco minutos de entrar na clínica, o Dr.Alexandre me liga para dar a triste notícia.Uma parada cardíaca levou embora uma parte de mim.Entrei literalmente em desespero, porque não consegui chegar a tempo de me despedir dela.Liguei pro meu marido e pra minha mãe, que estava perto e foi me dar um colo.

Na verdade, nossa despedida foi na 2a feira quando fui interná-la.Enquanto nós duas esperávamos o Dr.Alexandre, ela deitou a cabeça na minha mão e me lambeu durante uns 10 minutos.Ali, bem no fundinho, já sabia que aquela era nossa despedida.Ela parecia estar me agradecendo por estar cuidando dela.Na verdade, quem agradece sou eu.

Agradeço a Shine por esses 13 anos de amor sem pedir nada em troca, pelo companheirismo em todas as horas.Ela acompanhou bons e maus momentos comigo.Ela participou dos melhores e piores momentos da minha vida.Ela me viu chorar inúmeras vezes e quantas vezes, foi ela quem lambeu minhas lágrimas.Lágrimas de alegria e de tristeza também.Ela me viu crescer como mulher, me tornar mãe de verdade.E o tempo todo do meu lado.Nem para tomar banho eu estava só.Estava sempre lá na porta do banheiro me esperando: Shine, Luna e depois Marina.Jogamos bola inúmeras vezes.Sua paixão disparada era a bolinha.Quando casei com Alexandre, ela era nossa companheira de viagem.Andava de moto como ninguém.Postura perfeita.Andou de jet ski e desbravou um monte de ilhas com nós 2 na nossa garupa.
Meiga como só ela.Dócil, amiga, limpa, como eu nunca vi cachorra igual.Especial demais essa cachorrinha.Especial pela personalidade, e especial porque ela é filha do Dandy, que foi nosso primeiro yorshire na familia,quando eu ainda era uma criança, uma adolescente.O Dandy era do meu pai.
Como a gente queria aumentar a prole, compramos a maior companheira canina dela, a Luna.E depois veio a Marina.Quanta alegria essa familia viveu junta!

Hoje é um dia de muita dor.Alguns vão entender perfeitamente o que eu falo aqui.Outros vão achar um exagero ou simplesmente não entenderão.Mas, tenham um amigão de 4 patas pra saber e sentir na pele o que é amor de verdade, o que é gratidão, o que é respeito e fidelidade.Mudarão de conceito rapidinho, se acharem que eu estou exagerando.

Pedi a ajuda de Deus e dos santos que eu acredito pra deixar a Shine com a gente.Não deu.Eu aceito, porque acima de tudo, eu sempre quis que Deus fizesse o que fosse melhor pra ela.Graças á ele, ela não sofreu.Ela viveu intensamente o amor que a gente deu.Amor da gente enquanto donos, dos meus pais que permitiram que eu a tivesse na casa deles.Dos meus amigos, que sabem que eventos na minha casa é rodeado de alegria e companhia "intensa" canina, não é mesmo, Erika, Paty, Ret, Rob??? e outros tantos amigos que me deram muita força nesse momento complicado.
E nós vivemos com muita felicidade a presença dela.Fica a dor da perda sim.Mas, fica muito mais a memória dos momentos de alegria e companheirismo que é o que vai fazer superar toda essa dor.

Obrigada ao Alexandre, meu marido, que foi sempre meu companheiro em todos os meus momentos de dor e de amor.E não deixou de ser nessa hora triste pra nós dois.

Agradeço aos meus pais, sempre meus portos seguros em todos os momentos da minha vida.

Agradeço aos amigos queridos que me deram colo através de palavras, de abraços e escritos.Sem vocês, eu estaria me sentindo muito pior nesse momento.

Obrigada ao Dr.Alexandre, médico, amigo da família e profundo amante dos animais.Figura excepcional que Deus colocou nos nossos caminhos pra cuidar dos nossos bichinhos e que foi na verdade quem me acolheu nesse primeiro momento desesperador de dor, com palavras que só quem entende e é amante dos cães, pode falar.Nunca vou esquecer do seu conforto amigo e de suas palavras.

E minha grande gratidão vai pra Shine, por esses 13 anos de amizade, cumplicidade, amor incondicional a mim.Jamais terei palavras pra te agradecer, minha pequena, tamanho amor que você dedicou a mim, e a todos que me cercam.Sua companheira Luna, sente também toda a falta que a sua ausência vai deixar.Já demonstrou o quanto está com saudades de você. Já ficou quase 2 dias sem comer um grãozinho de ração, desde que você saiu de casa.Já imaginou isso? gulosa como só ela?Não consegue mais dormir sozinha na cozinha.Prefere deitar no chão ao lado da minha cama, do que não ter você por perto.Mas,estamos dando todo o carinho pra que ela amenize a falta que você tem feito aqui dentro de casa.A única coisa que ela realmente vai perder eram as horas que você passava limpando os olhos e as orelhas dela.Essa era a forma mais corriqueira de carinho entre as duas.Tenho várias fotos desse momento.
Espírita que sou, sei que em próximas vidas, você virá muito mais cheia de luz!

Preciso dar uma levantada no astral, por que ainda tenho um grande desafio, que é contar pra Marina que a nossa "Ximbiquinha"se foi.Desde que ela esteve internada, ela acorda e a primeira pergunta é: mãe, a "Chamburcy", já voltou? tô com saudades dela.Aqui a gente coloca inúmeros apelidos carinhosos nos nossos bichinhos de estimação.Por isso, esses nomes.....
Não me perguntem, como eu vou contar isso pra ela, mas na hora eu vou saber como.

Fica aqui meu desabafo.Meus agradecimentos e meu adeus á nossa pequena grande amiga, Shine!

: )

terça-feira, 12 de outubro de 2010

4 ANOS JÁ SE PASSARAM...

Ontem, dia 11/10/10 Marina completou 4 anos!

Fizemos um jantar pra família e amigos bem próximos da gente.É sempre uma alegria imensa essas festas íntimas, porque só tem quem a gente mais ama!

E hoje, Marina estava deitada brincando, e eu e o pai dela ficamos lembrando de quando ela nasceu e era bem pequenininha.Nem parece que se passou tão rapidamente, 4 anos.

Fica a cena dela bebê num dos momentos mais mágicos da maternidade(amamentação) aos 4 meses e dela, hoje, aos 4 anos, uma mocinha linda, inteligente, obediente e a melhor filha do mundo!

Nós, papai e mamãe temos orgulho de você, filha.Te desejamos todos os dias saúde e felicidades.
Parabéns!

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

EU ME DESENVOLVO E EVOLUO COM MINHA FILHA: A VIDA COMO ELA É!

Sai cada pergunta no banho da Marina, cada estorinha.....

Olha essa:

-"Mãe, quando eu crescer mais um pouco eu vou ter um irmão,né?"

É, filha.

-"Igual ao Gu né, que já tem o João?"

Isso.

-"A Duda também vai ter mais um irmão, né?"

É? Quem te falou?

-"Ah, ela"

Mas, o irmão novo da Duda vai ser da mãe dela ou do dindo?

-"Mãe, homem pode ter um bebê?"

(risos) Não, filha.Mas, quando ele casar com a tia Mariana, ela pode ter um bebê e ser irmão da Duda.

-"Ah, tá? Mas por que não pode ser da mãe e do pai da Duda?"

Porque a mãe e o pai da Duda são separados.

-"O que é separado?"

É quando o casamento não dá certo.Aí as pessoas se separam e cada um vive em casas diferentes.E se tiver filhos,eles ficam um pouco na cada do pai.Um pouco na casa da mãe.

-"Mãe, ainda bem que o nosso deu certo, né?"

(muitos risos) É, filha.Ainda bem.

-"Mas, se um dia não dá mais certo, o papai vai morar em outra casa.E eu e você vamos ficar com essa aqui,né?"

(não aguentava mais de tanto rir)

....

Oi? Ela só tem 3 anos? O que foi a frase "ainda bem que o "nosso"deu certo????"

Filha moderna, não?Minha maior escola de vida.

Ps- Eu espero que meu casamento continue dando certo, tá?!
hehehehe

: )

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

E NÃO FOI ONTEM QUE ELA NASCEU????



É impressionante como o tempo voa em se tratando de desenvolvimento e crescimento de crianças.

Mas, não foi outro dia que Marina nasceu?Lembro de cada detalhe tão minucioso de quando ela era recém nascida, e hoje, assim, quase de supetão, ela já chega em casa escrevendo seu nome e identificando todas as primeiras letras dos nomes dos amigos de escola.

E me veio na cabeça as palavras de um senhorzinho muito simpático que mora na cobertura do meu prédio, enquanto eu e Marina descíamos com ele pelo elevador até a garagem:
"Ô tempo gostoso!Você aproveite bastante sua filha criança.Parece que foi outro dia que eu carregava meus 3 filhos no colo.Hoje mudou tudo.Os três são pais.Carrego os netos, mas morro de saudades de poder carregar os três novamente nos meus braços."

Ele olhava a Marina com tanta ternura....E ao presenciar Marina escrevendo o seu nome, tive a nítida impressão que não vai demorar muito, eu vou ser uma senhorazinha simpática relembrando os tempos de pequenice de Marina, olhando os filhos dos outros em algum elevador desses da vida.

Mas, pode deixar "senhor do elevador", eu curto cada minutinho da vida da minha pequena e curto bastante.Sigo a risca o seu conselho.


:)

terça-feira, 14 de setembro de 2010

ME LEVA, ME LEVA PRO MUNDO DA IMAGINAÇÃO!

Depois de um tempo sumidinha, cá estou eu de volta!
Andei doente esses últimos meses, meio desanimada e sem inspiração, mas espero voltar com força total!Estou bem agora!

Mas, vamos falar de coisas boas!
Vamos falar de Marina, claro!

No último domingo, eu no meu quarto dando aquela descansada básica,mas ligada nos movimentos de Marina no quarto dela.Achei tudo meio quieto, sem movimentação de carrinhos, correrias e idas ao meu quarto.
Eis que chego no quarto dela e vejo duas cenas fofas!Bem cuti-cuti!
Numa das cenas, Marina é a professora e os bonecos, os alunos.Ela estava lendo um livro pra "turma", que permanecia quietinha, sentadinha, um ao lado do outro, cada qual com seu livrinho a frente.
E outra cena, era uma sessão de cinema para Marina e convidados.
Registrei tudinho.Toda a fofura! e ainda tive que pagar ingresso para entrar no quarto.Ops, no cinema...

Marina adora criar esses tipos de "faz de conta".Entra legal no mundo da imaginação, como ela mesma diz.
Tem até a musiquinha da escola:
"Areia da grossa.Areia da fina.Me leva, me leva, pro mundo da estória"

Eu adoro! Sempre estimulei a leitura e a imaginação dessa pequena!Coisa fácil fácil de estimular em crianças,né?!
E desde que cresceu um pouquinho mais e ficou mais independente, ela mesma cria seu mundo de fantasia.

Ah, infância!Doce infância!
Tempo em que tudo é possível de se conquistar.Basta imaginar!

: )

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

FRIO DE VERDADE!


Gente, tá frio pra caramba,né?

Eu e (quase)todo o Rio de Janeiro anda congelando com temperaturas de 14, 15 graus.

Mas,duas cenas curiosas me chamaram atenção ontem.A primeira foi ver meu marido coberto até o pescoço.Nunca vi essa cena em 10 anos de convivência.Só se cobre amanhecendo o dia e mesmo assim, só se o ar tiver ligado.

E outra inédita, foi ver a Luna, nossa cadelinha, coberta por mais de duas horas seguidas.Passando pela cozinha, não aguentei ver aquela bichinha peladinha com frio ali na sua caminha.Rapidamente peguei uma toalha velha e coloquei-a sobre ela.Depois de duas horas voltei na cozinha e a bichinha estava na mesma posição, sem se mover.Nunca imaginei essa cena com a espoleta da Luna....Tive que registrar as duas cenas, claro!

Isso é a maior prova que o frio existe, ele não é psicológico e que cariocas não suportam essa temperatura.
Que chegue logo a primavera!

: )

terça-feira, 17 de agosto de 2010

MARINA- A MALANDRINHA

Marina, malandrinha, sabe muito bem como me ganhar...E eu caio sempre..... Veja aí embaixo se você também não ía cair...

Hoje, dia de ballet dela pela manhã,ela resolveu acordar com a pá virada, no intuito de me tirar do sério.
Sabe aqueles dias em que a criança resolve testar todos os limites dos pais para ver quanto demora para tomar um "esquenta-rabo"? Então... Marina acordou assim hoje!

Na hora de vesti-la para o ballet, ela fez de tudo para me irritar,só porquê é dia de compromisso com hora certa de chegar.Em dias em que não se tem hora pra chegar nos lugares, ela nunca faz pirraça!
Lá pelas tantas, com minha paciência já se esgotando, ela resolveu agilizar minha vida, e levantou para se arrumar, prender o cabelo, e tal....Enquanto eu colocava o sapato nela,ela me abraça e diz: "mãe, você sabe que eu te amo você, né?"(Até lembrei da música da Marina Lima.....)

Putz....Me quebrou com essa a malandrinha hein????
Me testou, fez de tudo para que eu me irritasse(E foi de propósito!) e depois com a cara mais lavada do mundo me manda uma declaração dessas?????

Só tenho a reforçar o coro das mamães: "Ser mãe é padecer no paraíso".
Pronto, ganhei meu dia, esqueci a pirraçada toda dos minutos anteriores e lá fomos nós pra aula de ballet, felizes da vida!
: )

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

TEMPOS MODERNOS


Então, gente, escuta só essa....
Estava eu lá, na escola da Marina, após a saída.Até que surge Kate, babá do Gustavo, que é o principe da Marina(já contei aqui sobre ele), e diz:A Marina te deu o papel com o telefone do Gustavo?
eu: Como Kate?
Kate:Na semana passada, a Marina me pediu para anotar o telefone do Gustavo porque ás vezes ela queria falar com ele, e estava em casa, e não podia falar.
Aí, ela pediu um papel pra Cira(assistente da professora na escola) e me deu para eu anotar.Ela disse que ía guardar na mochila, você não viu?
Eu: Mentira, Kate? Ela pediu o telefone do Gu??? Ela não me contou nada.E ela disse o que ela queria falar com ele?
Kate: O Gustavo disse que era para eles combinarem de brincar na casa dela.....

---> Dei uma procurada nos bolsos da mochila,mas não achei.A gente deu foi risada disso, e terminou aí o assunto.
Eis que eu chego em casa e faço uma busca mais profunda na mochila, e não é que o papelzinho estava lá?????
Olha ele aí minha gente a foto do papelzinho guardadinho na mochila...A foto tá meio barro meio tijolo, eu sei.Foi tirada do celular,mas vale o registro!

É mole???? No meu tempo, pelo que eu me lembre, eu aos 3 anos, não pedia telefone de príncipe por aí......
Ai, que medo de quando ela for adolescente......

domingo, 8 de agosto de 2010

FELIZ DIA, PAI!


Escuto tanta gente falar que comemorar dia dos pais é uma besteira, que dia de pai e mãe é todo dia, não tem dia específico.Até concordo, porém, acho que a comemoração desses dias especiais é muito bem vinda!
É uma forma de estar junto, de dar risadas, de presentear acima de tudo com amor, carinho e abraço.

Aqui em casa o dia dos pais começou logo cedo.Marina acordou e foi logo levando presentinho pro papai, com direito a abraços, beijos e bafinho matinal.Uma delícia de se ver!
Todo dia dos pais meus abraços com meu pai são mais especiais.Tem um quê de carinho mútuo de quem não se vê mais todos dos dias, tem cheiro dos tempos de criança.

Hoje o dia do meu pai comigo teve tema de Fábio Júnior, teve a sensação daquela parte em que a música diz "eu cresci e não teve outro jeito",pois se tivesse como congelar a fase de quando eu era criança e o colo do meu pai era o melhor lugar do mundo pra ficar, eu congelava.Entre ser meu herói ou meu bandido, onde muitas vezes há essa troca mesmo de posição,em minha memória, meu pai sempre será meu herói!Ele faz parte desse caminho, onde hoje, eu sigo em paz!Obrigada pai, por cada dia da sua existência, por cada ensinamento,por ser meu PAI!

Feliz dia dos pais, PAI!
: )







quinta-feira, 29 de julho de 2010

ELA É O PRÓPRIO METEORO DA PAIXÃO!

Tá bom.... Já disse que Marina é toda trabalhada na musicalidade.É dela.Ou é genética, sei lá.

Fato, é que estava ela lá no trono, onde ninguém pode entrar nesse momento de profunda concentração, mas eis que passo pelo corredor e escuto um som balbuciado em melodia afinadinha: "te dei o sol, te dei o mar pra ganhar seu coração.....meteoro de paixão".

Hum..... pensei: já escutei essa música em algum lugar.....Mas, aonde ela aprendeu? não escutamos esse tipo de música aqui. Já sei, foi pra casa dos meus pais, e o meu pai deve ter ensinado....Fiquei lá tentando saber de onde veio aquela letrinha toda bonitinha.

Quando ela saiu do trono, que foi quando consegui ter acesso a ela, perguntei: filha, quem te ensinou essa música?
Ninguém, mãe, eu aprendi sozinha.
Hum...... você escutou aonde?
Lá na escola.Você não viu? Os meninos grandes dançaram na festa da escola com essa música.
É filha, não vi.
Mas, você aprendeu na festa?
Não mãe, eu ouvia na escola, quando os meninos grandes ensaiavam antes da festa.

A-há! Tudo explicado.Criança aprende fácil mesmo e ela já é toda musical, então tá.
Tentei váaaaaaarias vezes baixar o video que eu fiz dela cantando assistindo o vídeo da müsica "meteoro"pelo you tube, mas dá erro, toda vez.
Uma pena.
:(

domingo, 18 de julho de 2010

NOSTALGIA DE SER MÃE OU DE SER FILHA?


Hoje eu tô num momento nostalgia mãe.Ou seria filha???

Hoje teve chá de bebê da amiga Ret, que cresceu depressinha e já carrega a Laurinha no ventre, e teve também o post da amiga Erika, que postou foto do filhão bem grandão, que eu embalei pra dormir muitas vezes quando era bebê.

Pronto, foi o suficiente, pra relembrar meus momentos iniciais de mãe de Marina, leia-se, mãe de primeira viagem.E pra completar e começar a escrever este post, li um texto que a amiga Beta mandou, da Lia Luft, "A canção de qualquer mãe", do dia 12 de maio de 2010, da revista veja.Que me fez chorar copiosamente, porque ela consegue dizer num texto, tudo aquilo que é ser mãe.

O texto me fez remeter ao nascimento de Marina, onde eu gritei MANHÊEEEE como há muito tempo não gritava.Eu só ficava tranquila, quando ela estava por perto para me "salvar" nos primeiros meses de vida da Marina.
Salvar de quê? ou de quem? Acho que salvar de mim mesma.Pois quando a Marina nasceu eu deixei de ser a filha pra me tornar A MÃE, e vi que não tava nem um pouco preparada pra encarar aquela jornada sozinha.Minha auto-suficiência, malandragem-gata, foi pro espaço rapidinho, rapidinho.
E aí o "MANHÊ vem pra cá", foi a salvação, muitas e muitas vezes.Meio comédia da vida privada, mas verdade o que vou dizer: No dia em que me tornei mãe, fui mais filha da minha mãe do que em qualquer outra ocasião.Quase um bebê.Precisei do colo dela de verdade.

E mãe, me desculpem o termo, mas mãe é foda mesmo, né? Ela consegue só na presença, sem nem precisar falar, ser a melhor mãe do mundo.É quase que uma telepatia.Ela dá conta da sua aflição, do que você deseja, só de olhar pra você.E basta um manhêeee, para ela estar na sua frente em praticamente segundos, morando você longe ou perto.E o mais delicioso de constatar é que sua mãe te ajuda com o maior prazer do mundo nos momentos que você grita o tal "manhêeee!!!!"

Aos poucos, muito com a sabedoria dela, de mãe, que de novo, quase que telepaticamente, vai passando pra você, e com a experiência que você mesma vai construindo enquanto mãe, e com todo amor incondicional que as mães sentem pelos filhos, eu fui aprendendo a andar sozinha.Fui aprendendo a ser mãe aos poucos.Na verdade, eu acho que você vai aos poucos saindo do estado de êxtase maternal, do susto de mãe de 1a viagem, e aprende a lidar com o tamanhão de amor que te invade e vai a cada dia, administrando o tamanhão de trabalho físico e psíquico que um bebê traz de novidade a sua vida.
Aos poucos, você toma as rédeas da função de mãe, quase que como uma mágica, e quando você olha, já tá lá, toda auto-suficiente, toda gata-malandra, dando conta da cria.

Na época, achei que não fosse ser capaz de dar conta de tudo sozinha, achei que ía fraquejar, aí é que vem seus super poderes, que você só adquire quando vira mamãe.

E ler um texto rico de ternura como o da Lia Luft, só me faz agradecer a minha mãe por ser tão grandiosamente minha mãe.E também por ser, desculpe a modéstia, uma "senhora mãe"da Marininha, que aprendi com a maior das escolas que tive, que foi ser educada e amada por pais maravilhosos, como os meus.

Termino esse post, fazendo das palavras de Lia, as minhas:
"Filhos, vocês terão sempre me dado muito mais do que esperei ou mereci ou imaginei ter."

Para aqueles que quiserem ler o texto completo da Lia(vale muito a pena), segue o link:
"A canção de qualquer mãe"

quinta-feira, 8 de julho de 2010

ONTEM FOI DIA DE PAZ

Ontem foi dia de Frei.Já havia me preparado desde o inicio da semana, que 4a feira estaria lá para receber luz.
Na noite anterior, sinto meu corpo pesado.Tomo um desses remédios indicados para resfriado, pois os sintomas indicavam que ele estava chegando.Dormi.
Na 4a feira, as 5h da manhã, acordei porque parecia que a casa tinha caído em cima do meu corpo de tanta dor.Vira pra lá, vira pra cá e nada da dor deixar eu voltar a dormir.
Levantei aos trancos e barrancos, mas mãe não tem essa de ficar doente e ficar na cama.Tem que levantar e dar conta da rotina dos filhos.Fiz com um esforço imenso,mas fiz.
Não consegui chegar ao trabalho.Voltei pra casa, enfiei um dorflex goela abaixo e deitei.
A cama, por incrível que pareça não estava o melhor lugar do mundo.Doía tudo,mesmo com cama macia eu não conseguia me sentir bem.
A tarde foi passando, eu já tinha combinado de deixar Marina na casa da tia para poder ir ao Frei Luiz.Um só pensamento me movia.Minha intuição estava totalmente focada no encontro de 4a, no frei e não embaixo das cobertas.
E assim foi.Fui de novo, aos trancos e barrancos.Peguei nossas senhas, enquanto Xandre ficava na fila, uma pessoa falou para que eu sentasse num lugar coberto para não pegar o sereno que fazia naquela noite.Um frio, que parecia região serrana.Fiquei lá quase uma hora, em silêncio, ouvindo Ave Maria e oração de São Francisco.Só de estar ali, em silêncio, com toda aquela paz já me sentia renovando.Chorei bastante também quando as músicas começaram a tocar.Uma sensação estranha de falta de energia até aquele momento, sabe?
Chegou minha hora de entrar.Toda vez que tomei passe ali no frei, nunca ouvi perguntas nem nunca tive uma conversa com um espírito.Dessa vez, foi diferente.Antes que ele começasse o trabalho dele, me fez várias perguntas.E ele me deixou uma mensagem.
A paz que eu quero tá dentro de mim.E por quê, dessa vez eu estava precisando buscar paz através de outras pessoas?Porquê eu deixei de usar minha fé a meu favor?Por quê tenho cuidado tanto dos outros e me colocado em segundo plano?
Ele tem toda razão.Cuido tanto dos que amo, que sequer consigo curar uma garganta nervosa ou algo assim, como disse uma amiga, certa vez.
Saí de lá, como sempre, de alma lavada, com uma paz invasora.Aquela que eu fui lá procurar, já que dentro de mim estava difícil encontrar sozinha.
Não que eu tenha saído de lá curada de uma gripe cruel ou de uma garganta nervosa,mas se a cabeça não embarcar na somatizacão, já é o caminho para uma cura mais rápida ou de um sofrimento menos chato.O corpo fala, mais alto do que sua própria voz, muitas vezes.Ele fala pra você dar ouvidos ao seu próprio eu.
Hoje, continuo com a tal dor pelo corpo.Um mal estar danado, mas não desanimei.
Deixo emanar a paz que sempre existiu aqui,mas que anda brincando de esconde-esconde comigo.
E se você também quer paz, procure primeiro dentro de você.Ela está lá.Falta você deixá-la aparecer.

Obrigada aos espíritos de luz que me ajudaram nessa busca!
: )

sábado, 12 de junho de 2010

DIA DOS NAMORADOS

PARA AQUELES QUE NO DIA DE HOJE VÃO EM BUSCA DE UM NOVO AMOR, EU DEIXO A MUSICA DO CHARLIE BROWN JÚNIOR COMO INSPIRAÇÃO:




E PARA AQUELES QUE VÃO PASSAR O DIA E A NOITE COM SEU AMOR, SEGUE O TEXTO DA NATURA-TODO DIA- FEITO EM HOMENAGEM AO DIA DOS NAMORADOS:

" Tem beijo roubado.Beijo demorado.Beijo de quem acabou de se conhecer.Beijo de quem se conhece muito.
Beijos que vem com estrelas, outros que só vem com o tempo.Todo beijo eh bom.Melhor ainda quando acontece todo dia.Bons beijos para você."

FELIZ DIA DOS NAMORADOS!!
: )

terça-feira, 1 de junho de 2010

PARA DINDA.COM.BR




Recebi na 6a feira passada os trabalhinhos de escola da Marina.Deles, me chamaram a atenção dois.

Esse da foto, que ela menciona a viagem que fizemos a Salvador para visitar a dinda dela, que na época, morava la.Ela nunca esqueceu dessa viagem, e achei bem curioso ela trazer esse passado para os dias de hoje.Foi tão especial, que fizemos uma camisa toda especial pra dinda Paty(esta que esta na foto também)!

E um outro que ela fala do porque de gostar da mamãe.Esse eu escrevo outro dia.

Tentei mandar esta foto do trabalhinho pra dinda por MMS,porque a dinda estava viajando, em ferias.Mas não consegui.Sabia que ela ia ficar doida!

Mandei por email,mas ela só viu ontem, quando chegou.
Chorou, claro.
Então, dinda, deixo aqui também registrado todo o amor que Marina tem por você.
Aquela viagem foi mesmo especial!Jamais esqueceremos!

: )

Pronto, falei!

Diante de tantas surpresas, aviso que adiamos a 2a gravidez.

Não chegou a hora ainda.Não hoje.Quem sabe amanhã?

Prefiro deixar o desejo falar mais alto que a razão.Esse dia vai chegar, tenho certeza.Assim,como foi com Marina.

No mais, vamos curtir a pequena mais um pouco sem a presença do irmãozinho ou irmãzinha.Ou quem sabe os dois? Ando tendo sonhos reveladores......

Pronto, falei.Acabou a cobrança hein?

: )

quinta-feira, 27 de maio de 2010

O VALOR DE UMA AMIZADE

Eu, que prezo muito as minhas amizades, acho o máximo o movimento dos pais da Duda, que levam vez em quando a pequena para reencontrar os amigos,que continuam na mesma escola.

A turma da Marina do maternal, ano passado, foi muito especial! E as crianças criaram um vinculo forte!Bonito de se ver!

Hoje, conversando com a pai da Duda, soube que ela está bem, e adaptada a nova escola e aos amigos novos.Mas, pede para ir visitar os amigos do maternal, na escola antiga.
Hoje, eles correram e brincaram com a amiga, que deixou saudades!

Parabéns aos papais da Duda que se envolvem no movimento de reforçar o quão valioso eh uma amizade de verdade.E começa assim, de pequeninos.

: )

domingo, 16 de maio de 2010

SE A PALAVRA É DE PRATA.O SILÊNCIO É DE OURO!

Este final de semana precisei me calar devido a perda total da minha voz, causada, sintomaticamente por uma crise aguda de rinite alérgica.

Confesso que fiquei bastante irritada com essa situação de não conseguir falar.Tive que me calar porque falar e ser entendida era realmente tarefa bastante esforçante.
Tive o apoio e compreensão do meu marido e filhotinha, que respeitaram e me deixaram bem a vontade para descansar.

Acordei hoje com a frase que minha amiga Juliana, praticante de YOGA, vive me dizendo:
"Confia, entrega, aceita e agradece."Por algum motivo essa frase fez todo o sentido hoje.Um teste pra minha limitação momentânea.

E eis que abro meus emails e me deparo com um alerta de um novo trânsito astrológico que ira ate o dia 18/05:

Olha só que interessante:
Sol na casa 10, lua na casa 12-signo de capricórnio:

"Entre os dias 16/05 (hoje) às 8h39 e 18/05 às 5h21, Alessandra, Sol e Lua estarão em harmonia, sugerindo uma possível resolução de algum impasse profissional. Você concluirá algum projeto, ou receberá favores ocultos de alguém. Mas o momento não é para brilhar, Alessandra! Procure manter seus projetos em silêncio e suas vitórias deverão ser mantidas na maior discrição, por maior que seja a sua vontade de sair gritando por aí. Se a palavra é de prata, o silêncio é de ouro!"


Como eu acredito que nada nessa vida e por acaso, eu hoje, sigo em silencio.


: )


terça-feira, 11 de maio de 2010

SONHO, AVISO OU DESEJO?

Num encontro espirita, de gente do bem, a frase:"Deus quer falar com você.Precisas mesmo pensar se queres outro filho.Se quiser engravidar virão dois de uma vez só."

Acorda-se no meio da noite, assustada.Tão real,que fez o coração acelerar.Aos poucos se dá conta de que foi sonho.Uma água,banheiro e dorme outra vez.

Seria mesmo um sonho? Um aviso? Ou desejo?

Eis a questão.

segunda-feira, 10 de maio de 2010

DIA DAS MÃES

EM HOMENAGEM AO DIA DAS MÃES, DEIXO AQUI TODO MEU AMOR E ADMIRAÇÃO PELA MELHOR MULHER DO MUNDO, QUE É A MINHA MÃE.
E A TRADUÇÃO DA MÚSICA "YOU'LL BE IN MY HEART" EM HOMENAGEM A TODAS AS MÃES, PELO DIA QUE É FESTEJADO O MAIOR AMOR DO MUNDO:
O AMOR DE MÃE.


"Vamos, pare de chorar
Tudo vai dar certo
Apenas pegue minha mão
Segure forte
Eu te protegerei
De tudo ao seu redor
Eu estarei aqui
Não chore

Para alguém tão frágil
Você parece tão forte
Meus braços te abraçarão
Manterão você segura e aquecida
Este laço entre nós
Não pode ser quebrado
Estarei aqui
Não chore

Porque você estará em meu coração
Sim. você estará em meu coração
De hoje em diante
Agora e para sempre
Você estará em meu coração
Não importa o que disserem
Você estará aqui em meu coração, sempre

Por que eles não conseguem entender
A forma como nos sentimos
Eles simplesmente não acreditam
Naquilo que não conseguem explicar
Eu sei que somos diferentes mas,
Dentro de nós
Não somos tão diferentes assim

E você estará em meu coração
Sim, você estará em meu coração
De hoje em diante
Agora e para sempre
Não dê ouvidos ao que dizem
porque, o que eles sabem?
Nós precisamos um do outro
Ter um ao outro, abraçar
Eles verão com o tempo
Eu sei

Quando o destino te chama
Você precisa ser forte
Eu poderei não estar com você
Mas você terá que continuar
Eles verão com o tempo
Eu sei
Nós mostraremos a eles juntos

Porque você estará em meu coração
Acredite, você estará em meu coração
De hoje em diante
Agora e para sempre
Oh, você estará em meu coração
Não importa o que dizem
Você estará em meu coração, sempre
Sempre...
É só você olhar por cima de seu ombro
É só você olhar por cima de seu ombro
É só você olhar por cima de seu ombro
Eu estarei aqui sempre"

segunda-feira, 3 de maio de 2010

A REAL FUNÇÃO DA BUNDA

Olha que pensamento profundo da Marina numa tarde de Domingo:

Em auto análise em frente ao espelho, ela solta:

-Mãe, se a gente não tivesse bunda, nunca que a gente ía poder sentar,né?

: )

quinta-feira, 29 de abril de 2010

INOCÊNCIA MAL CHEIROSA

Estava eu no computador, quando entra Marina no escritório, e diz:

-Mãe, cheira esse meu dedo (apontando o indicador) e a minha pupu(pupu, leia-se, alça da chupeta da nuk).

Cheirei,né....

-É filha, que cheirinho esquisitinho.Onde foi que você colocou a mão?

-Mãe, eu coloquei a mão no meu bumbum.

-Hã?

-Mãe, meu bumbum coçou.Eu coçei.Aí eu fui colocar a minha pupu(*), senti o cheiro, achei ruim.Cheirei a pupu e meu dedo e tava com esse cheiro(fazendo uma cara de pouquíssimos amigos, claro, né?)

- Eu caí no riso e fomos lavar as mãos, chupeta e tudo mais.

--->É cada uma, né? Santa inocência, ainda que mal cheirosa!kkkkkkkkkk

(*) Marina tem a mania de, ao colocar a chupeta, pegar a alcinha da chupeta pra ficar passando o dedo.O grande prazer dela é ficar segurando aquela alça e passando a unha no "escritinho"-palavras dela- que vem, bem pequenininho, na bordinha da chupeta.

terça-feira, 27 de abril de 2010

ESSAS AMIGAS SÃO PRA SEMPRE!!SE CHORAMOS OU SE SORRIMOS, O IMPORTANTE É QUE EMOÇÕES NÓS VIVEMOS.

Hoje resolvi pegar os cds e dvds guardados pra reviver.Tudo por causa de um encontro que reuniu as 4 amigas para sempre: Eu, Paty, Erika e Pâm.

Falamos de blogs.Começei com o meu primeiro.Depois a Paty criou o dela, a Erika virou reggae power desabafadora oficial do seu próprio coração e também criou o seu e agora a Pâm se empolgou e resolveu falar de skate e manobras radicais no asfalto.Quem sabe, não fazemos nosso blog juntas? É uma sugestão, viu meninas!

Pâm levou um video que fez andando de skate nesse nosso último encontro e lembramos dos nossos videos que fazíamos nos tempos de facul e pós facul, e que Pâm editava e criava com muita emoção cada cdzinho daquele enviado pra nós.

Tô aqui em lágrimas e sorrisos vendo um monte de videos e fotos das 4 pastéis que iniciaram a amizade em 1994, na faculdade.Dentre tantos cds, meu book de grávida que Pâm fez, e ficou maravilhoso, porque ninguém melhor que uma amiga de verdade pra pegar cada momento de felicidade em imagens.E lá se vão mais lágrimas de uma saudade gostosa de sentir.Várias fotos de Marininha pequetita, também clicada pela amiga Pâm quando era bebê.

São tantas emoções, que deixo o melhor dos vídeos de nós quatro.Pra relembrar.Pra deixar marcado que amizade como a nossa é pra sempre, porque tá escrito nas estrelas.E só a gente sabe que, se choramos ou se sorrimos, o importante é que emoções nós vivemos.E viveremos, pro resto de nossas vidas!
Esse video é bem a nossa cara!

: )

video

quarta-feira, 21 de abril de 2010

"DE ONDE VEM OS BEBÊS?"VERSÃO PÓS MODERNA.


-Mãe, queria ver o Tedy(Tedy, leia-se, cachorro de estimação).

*Ah, filha vamos ver essa semana porque a gente vai na casa da tia Eti, levar as coisas da Laurinha.

-Laura? quem é?


*O bebê da tia Eti.Esqueceu?

-Ah, é.É que eu pensei que fosse menino.Tinha esquecido que é a Laura.

-Mãe, a tia Eti comprou a Laura e colocou na barriga dela?

(Vontade de rir total)

*Não, filha.Filhos a gente não compra!!!!


-Ah, não? Não pode chegar na loja e falar pro moço:Oi, qto é? Ah, tá.Toma o dinheiro.Igual como a gente compra cachorro????

---> Ainda bem que ela parou por aí.Se prendeu mais ao foco do início da conversa, que era o desejo de ver o Tedy.Pensei que fosse desenvolver mais a conversa até de fato querer saber "de onde vem os bebês?".Outro dia, ela não veio me perguntar se quando ela tiver um irmãozinho, se ele vai ficar na minha barriga ou na dela???

Sinto que o dia da famosa pergunta, está prestes a chegar...E eu, com toda minha experiência de psicóloga, me sinto despreparada com as palavras.

Pelo menos, aprendi que com crianças, a gente consegue se virar nos 30, com um mínimo de eficiência.Já respondi cada uma, no susto, que ave maria.....Aceito sugestões de como explicar de onde vem os bebês,viu gente!!!! Sem que sejam da cegonha, claro!Sou adepta da verdade, ainda que fantasiada, como que contos de fadas!hihihihi

Ps- Esse barrigão aí carregou Marina durante 37 semanas.

: )

segunda-feira, 19 de abril de 2010

ESCUTOU, ELA REPETE.


Marina deitada no sofá, se depara com a figura do pai, de calça jeans, camisa polo e tênis estiloso.

Pai, vai aonde tão bonito assim hein???


É mole????

: )

sábado, 10 de abril de 2010

QUANDO AS PALAVRAS TOMAM SENTIDO.

Marina deixou de ser bebê faz tempo, isso é fato.Mas, há tempos que venho observando que ela começou a dar sinais de que já entende o sentido de certas coisas que falo para ela.O "sim" ou "não" já não são mais palavras de ordem.Eles só são entendidos aqui nessa casa quando ela escuta o embasamento teórico.Ou seja, ela questiona mesmo.Tudo.Como deve ser,né?

Por exemplo, toda noite, ao colocá-la na cama, eu a beijo, dou boa noite e falo: dorme com Deus, filha.Ela sempre escutou essa frase desde muito pequena, sempre balançou a cabeça que sim, mas nunca questionou.Até que um dia, ao ouvir a palavra Deus, me perguntou quem era.Eu dei a minha explicação, baseada na minha crença e traduzida de uma forma mais simples para uma criança de 3 anos.A partir de então, ela apelidou carinhosamente Deus, de Santo-Cristo.É assim que ela o chama.A partir daí, ao escutar "dorme com Deus, filha.", ela responde every day: "Dorme com Santo-Cristo você também, mãe."
Disse pro pai que já aprendeu a rezar.Junta as mãozinhas e diz: "Santo Cristo, amém."

Um outro fato que tem acontecido é que Marina, depois que tem as crises de malcriações dela, daquelas que me tiram do sério, chega e me pede desculpas pelo que fez.Antigamente, ela vinha me pedir desculpas, depois que o pai conversava com ela e mostrava que o que ela tinha feito não foi legal.Agora, ela mesma pensa e vem com o maior carinho do mundo me pedir desculpas.Pra mim, ou pro pai.

Esse é o lado bom de vir de fato que ela está crescendo.Nossos ensinamentos,como esses dois citados aí em cima, estão começando a fluir com naturalidade.Nós acreditamos que seja bom ela ter uma crença, e que aprenda a reconhecer erros e saber voltar atrás.As respostas dos "porquês" perguntados o tempo inteiro já fazem sentido para ela.Por mais que, mais tarde ela faça as escolhas dela, nós vamos ficar tranquilos, sabendo que demos o nosso melhor na educação dela, e quem é pai e mãe, sabe que a tarefa é árdua quando o assunto é educação.

Aí é que a gente enxerga como passa rápido demais a vida.E curtir cada momento de aprendizado da Marina com a gente e da gente com ela, não tem preço.

: )

PÉROLA VERBAL

Marina solta pérolas o dia inteiro!!!!Eu teria que ter um editor de mão 24 horas para postar tudo o que sai da boquinha dessa princesinha aí do lado.


Uma pérola "bunitinha" dela:Marina desenvolveu o verbo "cobertar".Aliás, criança adora desenvolver verbos de própria autoria.Já ouvi cada um....
Bela noite, ela chega ao lado da minha cama, eu já deitada, e fala, "mãe, eu quero que você "vai" lá na minha cama e me "coberte".
Convenhamos,né, minha gente....Se a budega de se cobrir se chama coberta, nada melhor, do que "cobertar", vocês não acham???

: )

quinta-feira, 8 de abril de 2010

CHICO XAVIER


Hoje fui com Xandre assistir o filme do Chico.Emocionante, comovente.
Assistimos uma sessão especialmente rodada para mamães e bebês.O cinema estava cheio de mamães recentes e bebezinhos de colo.Um fraldário foi montado dentro do cinema, com tapetes de EVA no chão para que crianças pudessem sentar mais a vontade.Ao contrário de choros, ouvia-se sons de bebês balbuciando quase uma melodia.Uma delícia termos o privilégio de assistir Chico Xavier rodeados de anjinhos em nossa volta.Nada é por acaso,né?

Assistir Chico é sair do cinema com uma tremenda lição de vida, de amor ao próximo, de doação e de sentir a presença de Deus.
Deixo aqui o que escrevi no blog de uma amiga que fez uma homenagem á ele na data em que ele faria 100 anos.

"Eterno Chico.Aquele que adentra minha vida, meu coração e me faz a cada dia ter a certeza que a vida não acaba aqui.
Companheiro de cabeçeira e ouvinte dos meus pedidos.Me mostra o caminho que devo seguir pela via da intuição.Nunca me deixou sem respostas.
Acreditamos na mesma verdade.E em cada arrepio que sinto quando entro num plano espírita, sinto a presença de Deus nítida e clara, mesmo que meus olhos não materialize a imagem.Porque Deus é Luz."

E Chico é um homem da palavra.Palavra anunciada e escrita.
Cumpriu o que disse:"Só morrerei quando conseguir deixar todo o povo brasileiro FELIZ."
E Chico Xavier, morreu 10 minutos depois do pentacampenato do Brasil, no jogo de futebol da Copa do mundo.

Ao eterno Chico, minha profunda admiração.

: )

MY TRISKLE


Há tempos atrás, eu escutei de uma amiga, um significado de um símbolo que nunca mais me saiu da cabeça.Até porque eu acredito que a vida é isso mesmo."Tudo que você faz, volta pra você,pro bem e pro mal."

Tempos se passaram e eu perguntei pra Juliana(a amiga que disse o significado, num contexto de uma conversa informal e usando a tattoo dela para ilustrar), qual o nome do símbolo.Daí veio grandes descobertas e um apaixonamento pelo símbolo celta, chamado, triskele, ou triskle ou triskelion.E o desejo enorme de deixá-lo em mim como filosofia de vida e proteção, através da tauagem,claro.

Pesquisei sobre o símbolo, vi e revi milhares de formas de representação geométrica de uma triskle.Achei duas que eu me identifiquei.Levei a ideia pro Banzai, ouvi as dicas, voltei pra casa, repensei, e decidi pelo segundo desenho, que se encaixaria melhor na minha forma de expressar no corpo.

Hoje, ela foi feita.Tá registrada aqui, e representa minha psiqué, em essência e crença.Meu lado espiritual em forma geométrica.

Dos muitos significados, os que se encaixam, no meu propósito de vida, são:
Uma triskle, que significa "três pernas", representa tudo aquilo que acredito como sagrado.O "três", como número de sorte, pela crença grega, porque marca a divindade: o Céu, o Mar, a Terra.Pai, Mãe e Filho.O Espírito, a Mente e o Corpo.Todos marcados pelo número "3", daí o tri(ângulo), marcado por uma triskle.
A ideia de movimento da figura, que ora marca a vitória, ora a guerra.Os dias são assim.Um dia a gente ganha, no outro a gente perde.
A forma de marcar a intuição, a beleza e a ternura de uma mulher, em suas "3" fases de vida: A infância, a juventude e a maturidade.
E a crença de que tudo o que você fizer nessa vida, volta pra você.Pro bem ou pro mal.

É um símbolo apaixonante e de um universo de sentidos a encontrar.Tô feliz da vida por ter descoberto sua essência, e carregar comigo.Obrigada Ju, por me apresentar á ele.Afinal, nessa vida, nada é por acaso.

: )

PRA VOCÊS E POR VOCÊS....

Vocês se lembram desse post?

Então.... Tá pronta, a tattoo-frase-homenagem.

A frase, eu dedico:

Ao Xandre, meu eterno companheiro.Aquele que está comigo em todos os meu momentos.Aquele que eu amo todos os dias, na alegria e na tristeza, na saúde e na doença.E até que a morte nos separe.
A minha filha, que é a razão da minha vida.Que me mostra todos os dias o maior amor que há nessa vida.Se eu ainda tiver mais filhos, eles estarão igualmente homenageados como a Marina.
Aos meus pais e meu irmão, que são minhas fontes de caráter.Foi com os ensinamentos deles que aprendi a ser uma pessoa especial e verdadeira.São pra sempre, meus portos seguros.
A minha família por escolha, Paty,Erika e Pâm, por fazerem parte do meu exercício diário de amar.Por serem mais que amigas, por transcenderem o que há de melhor numa amizade.
E aos amigos que levo do lado esquerdo do peito.Os de verdade, sem importar o tempo de amizade, parentes ou não parentes.Simplesmente pela gigantesca importância que vocês têm na minha vida, estando perto ou não dos olhos,

pra vocês e por vocês eu sempre digo, que:
"AONDE QUER QUE EU VÁ, LEVO VOCÊS NO OLHAR."




: )

terça-feira, 6 de abril de 2010

SE MAOMÉ NÃO VAI ATÉ A MONTANHA.A MONTANHA VAI ATÉ MAOMÉ!


Dia caótico na cidade do Rio de Janeiro por causa das chuvas.
Quase ninguém se arriscou a sair de casa e quem saiu ontem do trabalho, só chegou hoje, tamanho foi o caos das águas.

Hoje recebemos a ligação do colégio da Marina avisando que não haveria aulas.Marina, questionou, não entendeu muito bem o porquê de não ir á escola, mas aceitou.Lá pelo meio da tarde, tava ela lá, com seus bonecos reunidos, vivenciando um dia de escola.
Se ela não foi até a escola, a escola veio até ela.Não é esse o ditado?
Passou um bom tempo lendo estórias pro Julio, Charlie e Lola.

: )

quarta-feira, 31 de março de 2010

ERA UMA VEZ UM PRÍNCIPE.....

Marina tem um príncipe.Que o conheceu num ato de cavalheirismo numa aula de ginástica artística, no alto de seus 2 anos ou quase isso.
O rapazinho fez bonitinho sua conquista.Numa simples brincadeira de roda, ganhou a moça.
Os encontros se tornaram diários.Eis que o destino os colocou na mesma escola, na mesma sala.A diferença de idade dos dois é de dias.É um tal de eu sou a princesa, ele é o principe e vice-versa.É um tal de sou Sportacos e ela é a Sthefani.É um tal de sou pirata e ela é a minha dama.
Já soube que vez em quando eles apareciam de mãos dadas pelo colégio.

Marina é bem chegadinha a ter amigos meninos.Se amarra nas brincadeiras deles.Troca fácil fácil as bonecas, pelas corridas e piques sugeridos pelos meninos.Corre com seus amigos inseparáveis todos os dias,mas quando o principe aparece, ela dá suas pausas para ir lá trocar meia duzia de palavras que só principes e princesas falam um pro outro.
A estória de amor deles é dessas bem ingenuas, onde principes e princesas existem de verdade.

Aí que entra a estória da vida real, que volta e meia a gente se pergunta desde quando ela apareceu nas nossas vidas......Olha só:

Não existe estória de livro sem rival, né? Tem sempre um galanteador no meio do caminho...E olha que um dia, o amigo, pode ser visto com outros olhos..... Veja só....

Marina, tem dois amigos inseparáveis.Lucca e Alberto.Companheiros de "fazer merdinha da estrela", saca?Pois bem....Eis que hoje, Marina aponta o principe como ex principe assistindo e mostrando um video feito na escola á uma amiga, aqui em casa.
Tomei um susto quando ela disse: "Ele não é mais o meu principe.Eu tô gostando mais do Lucca,mãe."
Eu: "Como assim, filha?" O Gu, não é mais seu principe, desde quando?O Lucca não é seu amigo?
Ela: "Não é mais, mãe.O Lucca agora é meu principe.Eu tô gostando mais dele."

Morreu essa estória ali na sala, naquele momento.

Mais tarde, já á noite, com a presença da familia reunida(pai,mãe e filha), pedi para ela contar pro pai quem é o principe dela( só pra vir se a estória se repetia).O pai também foi pego de surpresa."Ué, não é mais o Gu seu príncipe?", perguntou ele.
Olha a resposta dela: " Eu vou casar com os três pai.Com o Lucca, Alberto e Gu".
O pai quase infartou,né? Imagina um pai ouvir esse impropério???? De estória de princesa passar pra "Dona flor e seus 3 maridos" é demais, mesmo.
Até eu questionei....Como assim, filha? a gente casa com um só.Confesso que pensei( a gente pode até casar 3 vezes,mas um de cada vez, pera lá)Agora três ao mesmo tempo??? não dá!

Ela, mais do que depressa, então deu a solução....
"Então, eu caso com o Lucca, que eu tô gostando mais dele.O Alberto casa com a Maria e o Gu casa com a Valentina". Todos amigos da escola......

Moral da estória na minha cabeça: E todos vivem felizes para sempre.Cada casal no seu castelo.Melhor do que dona flor com 3 maridos.Porque na minha estória, "ainda somos os mesmos e vivemos como os nossos pais".hahahahahaha

Mas, vou contar um segredo.Eu acho que eu sei porque o Lucca venceu o páreo na luta pelo amor da princesa Marina... É que ele pegou pesado com o adversário..... Belo dia, trocou a brincadeira de correr, pela brindeira de pai e mãe.Pegou a boneca que Marina carrega pra escola e propôs á ela: "Vamos brincar de pai e mãe? Eu sou o pai.Você a mãe e o boneco, o filho."Pronto.Ganhou o coração da menina.Ludicamente, a convidou pra formar um casal.Garoto esperto,hein???

E de pensar, que na estória da vida real, minha filha ainda vai conhecer muitos sapos por aí......
O "era uma vez" tá só começando.Hoje da forma mais linda e ingênua possível.Mas, um dia ela vai crescer e aí o "era uma vez" vai ser bem diferente.

Vamos aguardar cenas dos próximos capítulos..... E sabe o que me corta o coração? É que o Gu(ex principe), ainda nem sabe que foi trocado......